Header Ads

Resistência Apologética

Nisto Cremos


Eis aqui uma breve exposição das nossas convicções e posicionamento teológico que estão conforme a ortodoxia expressada pelas Escrituras e pelo cristianismo confessional protestante.

- Confissão de Fé -


I
A Bíblia

  • Acreditamos que a Bíblia, composta do Antigo e do Novo Testamentos, é a inspirada, infalível e autoritária Palavra de Deus (Mateus 5:18; 2 Timóteo 3:16-17).
  • Em fé acreditamos que a Bíblia é inerrante em seus escritos originais, inspirada por Deus e a autoridade completa e final para conduta e doutrina (2 Timóteo 3:16-17).
  • Mesmo usando os estilos individuais dos autores humanos, o Espírito Santo os guiou perfeitamente para garantir que escrevessem exatamente o que Deus queria, sem erros ou omissões (2 Pedro 1:21).


II

Deus

  • Cremos em um Deus, que é o Criador de tudo que há (Deuteronômio 6.4; Colossenses 1.16), o qual revelou-se em três Pessoas distintas: Pai, Filho e Espírito Santo (IICoríntios 13.14), ao mesmo tempo sendo apenas um em seu ser, essência e glória (João 10.30).
  • Deus é eterno (Salmos 90.2), infinito (1 Timóteo 1.17) e soberano (Salmos 93.1).
  • Deus é onisciente (Salmos 139.1-6), onipresente (Salmo 139.7-13), onipotente (Apocalipse 19:6) e imutável (Malaquias 3.6).
  • Deus é santo (Isaías 6.3), justo (Deuteronômio 32.4) e reto (Êxodo 9.27).
  • Deus é amor (1 João 4.8), gracioso (Efésios 2.8), misericordioso (1 Pedro 1.3) e bom (Romanos 8.28).


III
Jesus Cristo

  • Acreditamos na divindade de Nosso Senhor Jesus Cristo.
  • Ele é Deus encarnado, Deus em forma humana, a expressa imagem do Pai, que, sem deixar de ser Deus, se fez homem para que pudesse então demonstrar quem Deus é, assim como providenciar o meio de salvação para a humanidade (Mateus 1:21; João 1:18, Colossenses 1:15).
  • Acreditamos que Jesus Cristo foi concebido do Espírito Santo e nasceu da Virgem Maria; que Ele é verdadeiramente e plenamente Deus e ao mesmo tempo verdadeiramente e plenamente homem; que Ele viveu uma vida perfeita e sem pecado; que todos os Seus ensinamentos são verdadeiros (Isaías 14; Mateus 1:23).
  • Acreditamos que o Senhor Jesus Cristo morreu na cruz por toda a humanidade (1 João 2:2) como um sacrifício substitucional (Isaías 53:5-6).
  • Afirmamos que Sua morte é suficiente para fornecer salvação para todos os que O recebem como Salvador (João 1:12, Atos 16:31); que nossa justificação é fundamentada no derramamento de Seu sangue (Romanos 5:9; Efésios 1:17), e que é comprovada pela sua ressurreição literal e física dos mortos (Mateus 28:6; 1 Pedro 1:3).
  • Acreditamos que o Senhor Jesus Cristo ascendeu ao Céu em Seu corpo glorificado (Atos 1:9-10) e está agora sentado à direita de Deus como nosso Sumo Sacerdote e Advogado (Romanos 8:34, Hebreus 7:25).


IV
O Espírito Santo

  • Acreditamos na divindade e personalidade do Espírito Santo (Atos 5:3-4).
  • Ele regenera os pecadores (Tito 3:5) e habita nos fiéis (Romanos 8:9).
  • Ele é o agente pelo qual Cristo batiza todos os crentes em Seu corpo (1 Coríntios 12:12-14).
  • Ele é o selo através do qual o Pai garante a salvação dos fiéis até o dia da redenção (Efésios 1:13-14).
  • Ele é o Mestre Divino que ilumina os corações e mentes dos crentes à medida que estudam a Palavra de Deus (1 Coríntios 2:9-12).
  • Acreditamos que o Espírito Santo é soberano e o único responsável pela distribuição dos dons espirituais (1 Coríntios 12:11).
  • Acreditamos que os dons miraculosos do Espírito, embora não estejam fora da habilidade do Espírito de realização, não mais funcionam necessariamente como no início do desenvolvimento da igreja (1 Coríntios 12:4-11; 2 Coríntios 12:12; Efésios 2:20; 4:7-12).



V

Anjos e Demônios



  • Acreditamos na realidade e personalidade dos anjos. Nós acreditamos que Deus criou os anjos para serem Seus servos e mensageiros (Neemias 9:6; Salmos 148:2; Hebreus 1:14).
  • Acreditamos na existência e personalidade de Satanás e seus demônios.
  • Satanás é um anjo caído do céu que levou um grupo de anjos a rebelar-se contra Deus (Isaías 14:12-17; Ezequiel 28:12-15). Ele é o grande inimigo de Deus e do homem, e os demônios são seus agentes no mal. Ele e seus demônios serão eternamente punidos no lago de fogo (Mateus 25:41; Apocalipse 20:10).


VI

Humanidade

  • Acreditamos que a humanidade passou a existir através da criação direta de Deus e que a humanidade é exclusivamente feita à imagem e semelhança de Deus (Gênesis 1:26-27).
  • Acreditamos que toda a humanidade, em virtude da queda de Adão, herdou uma natureza pecaminosa; que todos os seres humanos escolhem pecar (Romanos 3:23); e que todo pecado é extremamente ofensivo a Deus (Romanos 6:23).
  • A humanidade é absolutamente incapaz de corrigir seu estado caído e pecaminoso (Efésios 2:1-5,12).

VII
Salvação

  • Acreditamos que a salvação é um dom da graça de Deus através da fé na obra completa de Jesus Cristo na cruz (Efésios 2:8-9).
  • A morte de Cristo realizou por completo a justificação através da fé, assim como a redenção do pecado.
  • Cristo morreu em nosso lugar (Romanos 5:8-9) e carregou os nossos pecados no Seu próprio corpo (1 Pedro 2:24).
  • Acreditamos que a salvação é recebida apenas através da graça, por meio da fé em Cristo e só nEle.
  • Boas obras e obediência são resultados da salvação, e não exigências para a salvação.
  • Devido à grandeza, suficiência e perfeição do sacrifício de Cristo, todos aqueles que têm verdadeiramente recebido a Cristo como Salvador estão eternamente seguros na salvação, a qual é protegida pelo poder de Deus e garantida e selada em Cristo para sempre (João 6:37-40 ; 10:27-30; Romanos 8:1, 38-39; Efésios 1:13-14; 1 Pedro 1:5; Judas 24).
  • Assim como a salvação não pode ser recebida através de boas obras, ela também não precisa de boas obras para ser mantida ou sustentada. Boas obras e vidas transformadas são resultados inevitáveis da salvação (Tiago 2).


VIII

Igreja

  • Acreditamos que a Igreja, o Corpo de Cristo, é um organismo espiritual composto de todos os crentes da presente era (1 Coríntios 12:12-14; 2 Coríntios 11:2; Efésios 1:22-23, 5:25-27).
  • Acreditamos na ordenança do batismo do crente em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, como um testemunho de Cristo e da sua identificação com Ele e na ordenança da Ceia do Senhor como uma lembrança da morte de Cristo e do Seu sangue derramado (Mateus 28:19-20; Atos 2 :41-42, 18:8, 1 Coríntios 11:23-26).
  • Através da igreja, os crentes devem ser ensinados a obedecer ao Senhor, a testemunhar sobre a sua fé em Cristo como Salvador e a honrá-lO com uma vida santa.
  • Acreditamos na Grande Comissão como a principal missão da Igreja.
  • É a obrigação de todos os crentes de ser um testemunho, através de palavra e ação, das verdades da Palavra de Deus. O evangelho da graça de Deus é para ser pregado para todo o mundo (Mateus 28:19-20; Atos 1:8, 2 Coríntios 5:19-20).

IX

Coisas por vir

  • Acreditamos na bem-aventurada esperança (Tito 2:13), na vinda pessoal e iminente do Senhor Jesus Cristo para arrebatar Seus santos (1 Tessalonicenses 4:13-18).
  • Acreditamos no retorno visível e corporal de Cristo à terra com Seus santos para estabelecer Seu prometido reino milenar (Zacarias 14:4-11; 1 Tessalonicenses 1:10; Apocalipse 3:10, 19:11-16, 20:1 -6).
  • Acreditamos na ressurreição física de todos os homens- dos santos à alegria e felicidade eterna sobre a Nova Terra, e dos ímpios ao castigo eterno no lago de fogo (Mateus 25:46, João 5:28-29; Apocalipse 20:5 -6, 12/13).
  • Acreditamos que as almas dos fiéis são, no momento da morte, ausentes do corpo e presentes com o Senhor onde ele assim determinar, para aguardarem a sua ressurreição, quando espírito, alma e corpo são reunificados para serem glorificados para sempre com o Senhor (Lucas 23:43; 2 Coríntios 5:8, Filipenses 1:23, 3:21, 1 Tessalonicenses 4:16-17).
  • Acreditamos que as almas dos incrédulos permanecem, após a morte, em miséria consciente até a sua ressurreição, quando, com a alma e o corpo reunificados, aparecerão no julgamento do grande Trono Branco e serão lançados no lago de fogo para sofrer castigo eterno (Mateus 25:41-46; Marcos 9:43-48, Lucas 16:19-26; 2 Tessalonicenses 1:7-9; Apocalipse 20:11-15).


confissão de fé exposta acima, se manifesta nos cinco princípios da fé cristã herdeira da reforma que por sua vez remontam a igreja primitiva. Estes "Principíos Resgatados pela Reforma Protestante"... mais conhecidos como "Os Solas"(do latim, "Somente"), são: 
  • Sola Fide (Somente pela Fé):
Reafirmamos que a justificação é somente pela graça, somente por intermédio da fé e somente por causa de Cristo. Na justificação a retidão de Cristo nos é imputada como o único meio possível de satisfazer a perfeita justiça de Deus. Negamos que a justificação se baseie em qualquer mérito que em nós possa ser achado, ou com base numa infusão da justiça de Cristo em nós; ou que uma instituição que reivindique ser igreja, mas negue ou condene o princípio da sola fide, possa ser reconhecida como igreja legítima.
  • Sola Gratia (Somente pela Graça):
Reafirmamos que na salvação somos resgatados da ira de Deus unicamente pela sua graça. A obra sobrenatural do Espírito Santo é que nos leva a Cristo, libertando-nos de nossa servidão ao pecado e erguendo-nos da morte espiritual à vida espiritual. Negamos que a salvação seja, em qualquer sentido, obra humana. Os métodos, técnicas ou estratégias humanas, por si só, não podem realizar essa transformação. A fé não é produzida pela nossa natureza não regenerada.
  • Sola Scriptura (Somente as Escrituras):
Reafirmamos a Escritura inerrante como fonte única de revelação divina escrita, única para constranger a consciência. A Bíblia sozinha ensina tudo o que é necessário para nossa salvação do pecado e é o padrão pelo qual todo comportamento cristão deve ser avaliado. Negamos que qualquer credo, concílio ou indivíduo possa constranger a consciência de um crente, que o Espírito Santo fale independentemente de, ou contrariando, o que está exposto na Bíblia, ou que a experiência pessoal possa ser veículo de revelação.
  • Solo Christus (Somente Cristo):
Reafirmamos que nossa salvação é realizada unicamente pela obra mediatória do Cristo histórico. Sua vida sem pecado e sua expiação por si só são suficientes para nossa justificação e reconciliação com o Pai. Negamos que o evangelho esteja sendo pregado se a obra substitutiva de Cristo não estiver sendo declarada e a fé em Cristo e sua obra não estiverem sendo invocadas.
  • Soli Deo Gloria (Gloria somente a Deus):
Reafirmamos que, como a salvação é de Deus e realizada por Deus, ela é para a glória de Deus e devemos glorificá-lo sempre. Devemos viver nossa vida inteira perante a face de Deus, sob a autoridade de Deus, e para sua glória somente. Negamos que possamos apropriadamente glorificar a Deus se nosso culto for confundido com entretenimento, se negligenciarmos o evangelho em nossa pregação ou se permitirmos que o afeiçoamento próprio, a autoestima e a autorrealização se tornem opções alternativas ao evangelho.



(Conforme Declaração de Cambridge, promovida pela Aliança de Evangélicos Confessionais. Massachusetts, 20 de abril de 1996).





Att: Elisson Freire

Nenhum comentário

Seja respeitoso e saiba que não aprovamos comentários de anônimos caso se trate de conteúdo inapropriado ao artigo, como ataques, deboches ou críticas irrelevantes e sem nada a acrescentar. Não publicaremos comentários que não tenham a ver com o tema do artigo. Se quiser fazer uma crítica ou sugestão, utilize a página de Contato.

- Obs.: Todos os comentários são moderados antes de serem publicados então:

* É de sua inteira responsabilidade o que será escrito aqui.

* Não use o caps lock a menos que queira enfatizar alguma palavra. Textos em caps lock serão excluídos!

* Escreva sem xingamento, respeite o seu próximo. Comentários depreciativos e ofensivos serão deletados. Assim como os que fugirem ao escopo do artigo.

- Caso deseje contraditar algum de nossos artigos, certifique-se de o ter lido completamente e verifique se a sua objeção já não está respondida em outra postagem nesta página. Utilize a barra de pesquisa e o painel de temas.

- Comentários tumultuosos e que apenas repetem objeções já abordadas no artigo, serão ou deletados ou receberão uma dura resposta por sua desatenção.

Tecnologia do Blogger.